A Ministra da Cultura, Marta Suplicy, participou na tarde desta sexta-feira, 19 de abril, da 17ª reunião do Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual, realizada no escritório da ANCINE, no Rio de Janeiro. Além da ministra, estiveram presentes Manoel Rangel, diretor-presidente da ANCINE; Glauber Piva e Rosana Alcântara, diretores da ANCINE; Leopoldo Nunes, secretário do Audiovisual do MinC; Luciane Gorgulho, do BNDES; Vera Carvalho, do BRDE; e, como representantes da indústria audiovisual, Frederico Machado, Maurício Ramos, Mauro Garcia e Roberto Moreira.

No encontro foram discutidas as ações propostas e o regulamento geral do Programa de Apoio ao Desenvolvimento da Indústria Audiovisual – PRODAV, que será lançado este ano; o Relatório de Gestão de 2012 do FSA (Fundo Setorial do Audiovisual); e o balanço das linhas de investimento do Fundo.

Parte do esforço para transformar o Brasil num centro produtor e programador de conteúdos com relevância internacional, como está previsto no Plano de Diretrizes e Metas para o Audiovisual, o PRODAV tem como objetivos: expandir a produção independente; desenvolver arranjos produtivos regionais; induzir o crescimento do mercado de TV paga e de vídeo sob demanda, fortalecendo as programadoras brasileiras; estimular o mercado de licenciamento de conteúdos para TV, Internet e celulares; promover um ambiente de inovação, concorrência e parceria entre programadores e produtores; e ampliar a competitividade internacional das empresas brasileiras, especialmente as programadoras.

Para o cumprimento desses objetivos, o PRODAV prevê sistemas de financiamento que devem funcionar de forma integrada, levando em conta as tendências do mercado, as políticas regulatórias e a organização e planejamento das empresas.

“Este é um momento muito importante, pois estamos aqui para ouvir as impressões do Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual sobre as ações do PRODAV. É fundamental avaliarmos a que ações daremos prioridade ainda em 2013, para que elas aconteçam da melhor maneira possível e tragam bons resultados para o desenvolvimento do audiovisual brasileiro”, afirmou a ministra.

O diretor-presidente da ANCINE, Manoel Rangel, fez um resumo dos módulos e eixos de ação do PRODAV. “Com o PRODAV, estamos sinalizando a disposição do Governo de investir fortemente na indústria audiovisual, para que ela se torne ainda mais pujante e vital, envolvendo novos parceiros e levando em conta a necessidade de desenvolvimento regional e de valorização dos profissionais e empresas.”

Fonte: Ancine

Categorias: Notícias
Tags: ,

Postado por em | 0 comentários