Na tarde desta sexta-feira (26), a ministra da Cultura (MinC), Marta Suplicy, esteve com o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad. O encontro marcou a adesão de São Paulo ao Sistema Nacional de Cultura (SNC) e a realização de um acordo, entre o MinC e prefeitura, para formar a rede municipal de pontos de cultura.

“Este é um primeiro contato que estabelecemos com a prefeitura de São Paulo, já com a assinatura da adesão da cidade ao Sistema Nacional de Cultura e, em seguida, um acordo para que, em agosto, assinemos um convênio para a formação de mais de pontos de cultura na cidade.”, afirmou Marta.

A ministra ressaltou a importância da iniciativa do prefeito Fernando Haddad em promover a adesão de São Paulo às políticas culturais do ministério: “Este acordo não existia antes, portanto não podíamos passar os recursos.”, explicou Marta à imprensa que acompanhou a assinatura.

“Vamos nos incorporar ao Sistema Nacional”, disse o prefeito. “Agregaremos recursos novos e ampliaremos as oportunidades para a juventude de São Paulo que produz cultura e que não tinha fonte de financiamento.”

Rede municipal de Pontos de Cultura

O acordo feito hoje possibilita a criação de um convênio, no mês de agosto, que permitirá a transferência de R$ 4 milhões do ministério da Cultura para o município. Este, por sua vez, entrará com mais R$ 800 mil de contrapartida. Os recursos serão utilizados nos próximos 2 anos para a ampliação do número de Pontos de Cultura na cidade. “Hoje, não temos pontos de cultura na cidade de São Paulo que sejam financiados pela prefeitura”, lembrou o prefeito.

“Os pontos de cultura permitem uma estruturação melhor para criadores de cultura que, muitas vezes, exercem sua atividade de forma precária”. A ministra também afirmou que os CEUs e centros culturais da cidade serão somados a este esforço estruturante, conforme sugestão do secretário de Cultura de São Paulo, Juca Ferreira, que também participou do encontro.

Mais parcerias

Outras cooperações entre ministério e prefeitura estão em andamento e foram lembradas durante o encontro. O município de São Paulo recebeu um aporte de R$500 mil para cursos de formação de jovens na Zona Leste, região mais carente da cidade. A formação será feita em parceria com a Unifesp.

Ministério e prefeitura, com a participação também do governo do estado, colaboraram para a realização da Teia SP – encontro dos mais de 700 pontos de cultura paulistas – que acontecerá entre os dias 08 e 11 de agosto. Neste caso, o evento contou com R$300 mil, via ministério da Cultura.

Uma proposta de convênio com o município de São Paulo para o Encontro Nacional de Culturas Populares e Tradicionais, em parceria com o SESC SP, representa mais de R$ 500 mil em investimentos. O encontro vai acontecer em outubro.

(Texto: Thiago Esperandio / Ascom MinC)
(Foto: Luiz Murauskas)

Categorias: Notícias
Tags:

Postado por em | 1 comentário