29.4.2015 – 18:55

Cerca de 960 funcionários da Geap, operadora de planos de saúde, poderão receber o Vale-Cultura. O benefício, no valor de R$ 50 reais mensais, pode ser usado na aquisição de livros, revistas, instrumentos musicais, ingressos para cinemas, teatros, shows, cursos de arte e cultura e é ofertado pelas empresas, aos trabalhadores que recebem até cinco salários mínimos.

A adesão da Geap ao Programa Vale-Cultura, do MinC, ocorreu em reunião, na tarde desta quarta-feira, entre o secretário de Fomento e Incentivo à cultura (SEFIC/MinC), Carlos Paiva, e o diretor financeiro da Geap, Antônio de Farias Neto. “Nós fomos cobrados pelos funcionários da Geap e isso se tornou um compromisso da empresa”, declarou Neto.

Segundo o secretário Carlos Paiva, há pesquisas que evidenciam que as questões estéticas, muitas vezes, podem provocar discriminação nas escolas. “A cultura tem um papel de construir o respeito pelo diferente. O Vale dá a possibilidade de acesso à cultura e vai permitir que a gente diminua as desigualdades”, afirmou Paiva.

Atualmente, mais de 408 mil trabalhadores recebem o Vale-Cultura em todo o país e já foram consumidos quase R$ 128 milhões de reais, recursos disponibilizados pelas empresas, nos quais não são tributados encargos sociais e trabalhistas e as empresas de lucro real deduzem até 1% do imposto de renda devido.

Fonte: Assessoria de Comunicação/Ministério da Cultura

Categorias: Notícias
Tags:

Postado por em | 0 comentários