06.05.2015 – 19:53

Trabalhar a cultura em rede, criar uma maior capilaridade entre a União, estados e municípios e integrar a dimensão econômica para a elaboração de políticas culturais foram alguns dos pontos abordados no Fórum CriaAção, grupo composto por secretários e dirigentes municipais de cultura do estado do Mato Grosso. O evento teve lugar nesta quarta-feira, 6 de maio, em Cuiabá, e contou com a participação de Guilherme Varella, secretário de Políticas Culturais do MinC.

Varella apresentou um panorama das políticas culturais do MinC focando sua exposição no âmbito municipal. Neste encontro de intercâmbio com dirigentes de treze municípios do Mato Grosso, ele pôde ver de perto as peculiaridades dos processos culturais e discutir possíveis formas de atuação para criar redes e fluxos de informação na área cultural desse estado que está fora dos grandes eixos da produção cultural.

“Mato Grosso tem recente ocupação urbana e tanto sua identidade cultural como suas estruturas de gestão são ainda incipientes. Há peculiaridades que devem ser integradas na elaboração de suas políticas, tanto estaduais como municipais, como a forte presença indígena e a sua posição geográfica”, disse o secretário. Como exemplo, citou a diferenciada relação que o estado tem com a América Latina e a dificuldade de articulação entre os municípios devido à sua extensão.

No fórum também foi discutida a utilização de equipamentos da educação para as práticas culturais e a importância de trabalhar em rede para poder estimular o diálogo entre diferentes instâncias e elaborar políticas de forma mais organizada. O fortalecimento do Sistema Nacional de Cultura foi outra das pautas. Sobre este aspecto, falou-se da importância de incluir não somente as instituições formais de cultura, mas também outros atores sociais que trabalham no setor.

Para o secretário de Políticas Culturais, um dos aspectos relevantes destes encontros com estados e municípios é que eles podem proporcionar um diagnóstico da real situação das políticas elaboradas pelo Minc. “São essas estruturas que vão nos mostrar os obstáculos e problemas de uma forma prática e também vão nos indicar como equilibrar os orçamentos da União”, afirmou.

Do fórum também participaram o secretário municipal de Cultura, Esporte e Turismo de Cuiabá, Alberto Machado; o secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, Leandro Carvalho; a secretária-adjunta de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, Regiane Berchieli; o secretário-adjunto municipal de Turismo, Jefferson Preza; e o presidente do Fórum CriaAção, José Paulo da Mata Traven, coordenador do encontro e secretário adjunto de cultura de Cuiabá.

Fonte: Ministério da Cultura

Categorias: Notícias
Tags:

Postado por em | 0 comentários