A economia criativa é um setor estratégico e dinâmico, tanto do ponto de vista econômico como social.Suas atividades geram trabalho, emprego, renda e inclusão social.

A economia criativa é composta das atividades econômicas ligadas aos segmentos – de acordo com  definição da Unesco – como patrimônio natural e cultural, espetáculos e celebrações, artes visuais e artesanato, livros e periódicos, audiovisual e mídias interativas e design e serviços criativos.

Cada segmento cultural tem uma ou mais cadeias produtivas, isto é, sequências de etapas de produção até que o produto esteja pronto e colocado à venda. As etapas podem ser realizadas por diferentes agentes econômicos, sempre relacionados uns com os outros como elos de uma corrente. Quando se observam a economia e as cadeias produtivas, podem-se destacar as potencialidades dos segmentos culturais para ganhos econômicos e sociais.


Como esta meta está sendo medida

Número de segmentos - definidos pela Unesco - com estudos e mapeamento de identificação de sua(s) respectiva(s) cadeia(s) produtiva(s) realizados em relação ao total de segmentos.


Histórico da meta

historico meta 07

Em 2015, o percentual de alcance da meta, em relação ao ano de 2020, foi de 83%.

Obs: Cadeias produtivas mapeadas: "Cadeia Produtiva da Economia da Música" (Antonio Carlos Alkmim et al, 2005); "Cadeia Produtiva da Economia do Carnaval" (Prestes Filho, 2009);  "Mapeamento da Indústria Brasileira e Global de Jogos Digitais" (USP, 2014); “Mapeamento estratégico para a inserção do design nos  grandes eventos esportivos no Brasil – Copa do Mundo 2014 e  Olimpíadas 2016 (Competitiveness, 2012)” e “Museus e a dimensão econômica – da cadeia produtiva à gestão sustentável” (Ibram, 2014).

Obs.: estão sendo considerados, para fins de cálculo desta meta o número de segmentos com estudos/mapeamento de identificação de ao menos uma de suas cadeias produtivas realizados em relação ao total de segmentos definidos pela Unesco (patrimônio natural e cultural, espetáculos e celebrações, artes visuais e artesanato, livros e periódicos, audiovisual e mídias interativas, design e serviços criativos) 

 Obs.: Em 2015, por meio da Portaria nº 80/2015, foi transferida para a Secretaria de Políticas Culturais (SPC) a gestão das políticas públicas do Ministério da Cultura  que eram realizadas anteriormente pela Secretaria da Economia Criativa (SEC).

Fonte: Secretaria de Políticas Culturais  (SPC)

Data de atualização: 31/12/2015

Situação atual da meta

É importante ressaltar que existem  seis setores criativos nucleares definidos pela UNESCO, sendo eles: a) patrimônio natural e cultura; b) espetáculos e celebrações; c) artes visuais e artesanato; d) livros e periódicos; e) audiovisual e mídias interativas; e f) design e serviços criativos. Sendo que eles se desdobram em  um total de 26 atividades associadas.  É importante ressaltar que a cadeia mapeada da música se encontra dentro da macrocategoria “Espetáculos e celebrações”, o carnaval se encontra em “espetáculos e celebrações”, o design se encontra em “design e serviços criativos”, os museus se encontram em “patrimônio natural e cultural”, e jogos digitais se encontram em “Audiovisual e mídias interativas”.

Atividades associadas aos setores criativos nucleares – UNESCO (2009)

situação atual meta 07

 

O que está sendo feito para alcançar esta meta

O Ministério da Cultura constatou a importância de atuar de forma mais indutiva e estratégica, atuando no desenvolvimento de marcos referenciais teóricos e técnicos para a compatibilização dessas pesquisas de forma a gerarem a possibilidade de organização de séries históricas e insumos mais estruturados para o desenvolvimento de políticas públicas que incidam nas cadeias produtivas dos setores culturais e criativos. Nessa perspectiva, por meio de contratação de consultoria, pela UNESCO, foi selecionada consultora que atuará no desenvolvimento de manual de referência para o desenvolvimento de framework para estudos nesse campo. De qualquer forma, partindo do referencial oferecido pelo Framework for Cultural Statistics (UNESCO, 2009), pode-se considerar que há o mapeamento de ao menos cinco cadeias produtivas de diferentes domínios culturais.

Saiba mais:


  • sobre o Observatório Brasileiro da Economia Criativa, clique aqui.

  • sobre o Mapeamento da Indústria Criativa no Brasil, clique aqui.

  • sobre o mapeamento da cadeia produtiva do design, clique aqui.

  • sobre o Mapeamento da Indústria Brasileira e Global de Jogos Digitais, clique aqui


 

Veja todas as metas que também estão nos temas : ,

Ver mais metas marcadas com as tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,