Territórios criativos são bairros, cidades ou regiões que apresentam potenciais culturais criativos capazes de promover o desenvolvimento integral e sustentável, aliando preservação e promoção de seus valores culturais e ambientais.

Nos territórios criativos, podem existir diversas atividades ao mesmo tempo que vão desde indústrias culturais clássicas, como artes visuais, música e literatura, até outros setores, como propaganda, arquitetura, arqueologia e design. Como explicado na Meta 7, a economia criativa é um setor estratégico e dinâmico, tanto do ponto de vista econômico como social. Suas atividades geram trabalho, emprego, renda e inclusão social.

Um território será legitimado pelo Ministério da Cultura (MinC) como território criativo por meio de uma chancela (selo). Com isso, poderá ser criado um sistema de governança com a participação do poder público e da sociedade civil. A partir desse reconhecimento, o MinC repassará recursos para a formulação de planos de desenvolvimento que tenham a economia criativa como estratégia.



Como esta meta está sendo medida

Pelo número de bacias e de cidades criativas reconhecidas pelo Ministério da Cultura a partir de 2011.

Histórico da meta

meta 08 historico

Obs.: Em 2015, por meio da Portaria nº 80/2015, foi transferida para a Secretaria de Políticas Culturais (SPC) a gestão das políticas públicas do Ministério da Cultura  que eram realizadas anteriormente pela Secretaria da Economia Criativa (SEC).

Fonte: Secretaria de Políticas Culturais  (SPC)

Data de atualização: 31/12/2015

Situação atual da meta

Até o presente momento não houve nenhum território criativo reconhecido. É importante lembrar que esta meta foi colocada na consulta pública de revisão das metas, com a sugestão de exclusão. Tendo em vista que a meta 09, relativa ao desenvolvimento e fomento a 300 projetos de apoio à sustentabilidade econômica da produção cultural local, traduz de maneira mais concreta o conjunto de ações e estratégias indicadas no escopo das ações de desenvolvimento sustentável articuladas pelo PNC. Sendo, também, articulada a outras metas do Plano. Ressalta-se que o reconhecimento dos territórios criativos, sem nenhuma política cultural articulada a partir dessa plataforma visibilizada, não estimula o processo de desenvolvimento territorial posto em perspectiva pelo conjunto de ações e estratégias em referência, consistindo apenas em um das abordagens possíveis para consecução da finalidade do Plano.


O que está sendo feito para alcançar esta meta

Iniciativas do Sistema Federal de Cultura, como os Pontos de Cultura, os Centros de Artes e Esportes Unificados e os territórios educacionais articuladas pela plataforma Cultura Educa, atuam na fortalecimento dos processos culturais em suas dimensão econômica, social e cidadã a partir de sua dimensão territorial.

 

Veja todas as metas que também estão nos temas : ,

Ver mais metas marcadas com as tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,