A pesquisa “Retratos da leitura no Brasil”, realizada pelo Instituto Pró-Livro em 2007, revela que a média anual de leitura da população brasileira, fora do que é solicitado pela escola, é de 1,3 livros. Esse é um número considerado baixo, em comparação com outros países. Nos Estados Unidos, por exemplo, em 2006, a média de leitura fora da escola era de 5,1 livros por ano. Na França, a média foi de 7 livros lidos, na Inglaterra 4,9 e na Colômbia 2,4.

Para alcançar esta meta será necessário um esforço do poder público para estimular o hábito da leitura no país. As ações deverão ser feitas por vários ministérios, em parceria com estados, cidades e organizações da sociedade civil.


Como esta meta está sendo medida

Pelo Número de livros lidos fora da escola por ano, por cada brasileiro com  cinco anos de idade ou mais.  Em 2011, o Instituto Pró-Livro (IPL) alterou a metodologia da pesquisa, em relação à de 2007, que foi usada como base para a elaboração da meta. Essa mudança metodológica não permite mais aferir a quantidade de livros lidos fora da escola, por ano, mas sim nos últimos três meses que antecedem à pesquisa. Considerando a nova metodologia, faz-se necessário mudar o indicador e a meta, passando a medir os livros lidos fora da escola nos últimos 3 meses, sugestão essa que será apresentada na próxima revisão das metas do PNC.


Histórico da meta

historico meta 20

* Dado estimado, considerando que em 2007 foram lidos, durante o ano, 1,3 livros fora da escola, do total de 4,7 livros, o que significa que 27,7% dos livros lidos no ano foram fora da escola.  Aplicando 27,7% nos 2,4 livros lidos nos últimos 3 meses, podemos estimar que 0,7 livro foi lido fora da escola, nesse período.

** Dado estimado,  considerando que em 2011 foram lidos, em 3 meses, 1,1 livros fora da escola, de um universo de 1,9 livros lidos, o que significa que 57,9% dos livros lidos nos 3 meses foram fora da escola. Aplicando 57,9% nos 4 livros lidos durante o ano, podemos estimar que 2,3 foram lidos fora da escola.

*** A meta original é de 4,0 livros lidos fora da escola, durante um ano. Considerando a atual metodologia da pesquisa "Retratos da Vida", a sugestão é passar a meta para livros lidos fora da escola em 3 meses. Nos dados existentes de 2007 e 2011, pode-se observar que o número de livros lidos durante 3 meses representa 51% e 48% respectivamente dos lidos durante o ano. Aplicando 50% sobre os 4 livros lidos fora da escola durante o ano (meta anterior), estima-se 2 livros lidos fora da escola em 3 meses.

Fonte: Retratos da Leitura no Brasil/ Instituto Pró-Livro (2007 e 2011)

Situação atual da meta

Em 2011, o Instituto Pró Livro (IPL) alterou a metodologia da pesquisa, em relação à de 2007, que foi usada como base para a elaboração da meta. Essa mudança metodológica não permite mais aferir a quantidade de livros lidos fora da escola, por ano, mas sim nos últimos três meses que antecedem à pesquisa. Porém, em relação ao resultado de 2011, observa-se que houve um aumento de 57% na média de livros lidos.  O Ministério da Cultura está em tratativas para solucionar o monitoramento desta meta.

situação atual meta 20

situação 2 atual meta 20

situação atual 3 meta 20

situação atual 4 meta 20

Fonte: Pesquisa  Retratos da Leitura no Brasil/ Instituto Pró-Livro (2007 e 2011)

O que está sendo feito para alcançar esta meta

A Diretoria do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB) realizou a implementação do edital "Todos por um Brasil de Leitores" , que contribui diretamente para a melhoria dos índices de leitura no Brasil, pois tratam-se de iniciativas em bibliotecas comunitárias, pontos de leitura e espaços não formais de leitura voltados para a promoção do livro, a mediação de leitura e a formação de leitores que se destaquem pela efetividade da ação, pelo perfil socioeconômico das comunidades beneficiadas, pela abrangência e inovação de suas abordagens entre outros aspectos.

Além disso, foi realizado o Edital de Apoio ao Circuito Nacional de Feiras e Eventos Literários e o Encontro Internacional de Políticas Públicas – Território Leitor, que contou com 230 pessoas beneficiadas.

Cabe destacar que o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), em parceria com o Ministério da Cultura (MinC), disponibilizou a pesquisa “Frequência das Práticas Culturais dos Brasileiros”, no ano de 2014. Nesta pesquisa, existem dados referentes às práticas de leitura no Brasil. Pôde-se constatar na pesquisa que:


  • 24,7% dos entrevistados leem jornais revistas ou livros todos os dias, e 24% deles o faz todas as semanas, e

  • 26,05% dos brasileiros leram de 3 a 5 livros, 11,27% leram de 6 a 10 livros e 5,96% leram mais de 10 livros.

  • o nível de leitura per capta anual é de 4,54 livros. Se desconsiderar os leitores nulos, que representa 32,7% dos brasileiros, a cifra per capta é de 3,7 livros ao ano.


Saiba mais:

  • sobre a pesquisa Retratos da leitura no Brasil, clique aqui.

  • sobre o Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP), clique aqui.

  • sobre a pesquisa "Frequência de práticas culturais, do Sistema de Indicadores de Percepção Social, clique aqui.

Veja todas as metas que também estão nos temas : ,

Ver mais metas marcadas com as tags: , , , , ,