Esta meta tem como objetivo aumentar os recursos orçamentários do Ministério da Cultura. Esses recursos são essenciais para que as políticas públicas de cultura possam ser realizadas.

Como o montante de recursos disponíveis depende, também, das variações da economia, esta meta está vinculada ao Produto Interno Bruto (PIB). O PIB é a soma de tudo o que é produzido e acumulado durante o ano em um país, estado, cidade ou região, e é usado para medir o crescimento econômico. O objetivo desta meta é que o crescimento dos recursos destinados à área da cultura, nos próximos anos, seja  de 37% acima do crescimento das riquezas do país.

Redação Original

Título da meta: Aumento de 37% acima do PIB, dos recursos públicos federais para a cultura.

Indicador da meta: Despesa da União, função cultura, dividida pelo PIB do país.

Fonte de aferição: Secretaria do Tesouro Nacional (Ministério da Fazenda).

Proposta de nova redação

Título da meta: Aumento real de 100% dos recursos públicos federais para a cultura

Indicador da meta: Soma das despesas da União (função cultura), no ano, em relação ao total dos recursos de 2010.

Fonte de aferição: Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal

Definição do termo “aumento real”: significa quando o aumento for maior que a inflação do período.